6. Caminha na minha presença

     Jogamos ao jogo “guia de cego”: um tinha os olhos vendados, o outro conduzia. Depois trocavam-se as posições. Para que o jogo corresse bem, era preciso confiar no colega. A maioria confiou e gostou da experiência.   HPIM7698

     Há 4000 anos atrás, houve um homem que também confiou e se deixou conduzir. Descobrimos o nome dele: Abrão. 

abraãoFicamos a saber mais sobre Abrão que confiou em Deus e se deixou conduzir por Ele até à Terra Prometida. Ele podia ter ignorado o convite de Deus: “Deixa a tua terra (…) e vai para a terra que eu te enviar” (Gn 12,1). Mas aceitou e foi. 

   Deus fez uma aliança com ele: “Anda na minha presença (…) serás pai de inúmeros povos. Já não te chamarás Abrão, mas sim Abraão. HPIM7701Eu serei o teu Deus e da tua descendência.” (Gn 17, 1-5)    

   Mas Abraão não entendia. Ele e Sara já eram velhos e não tinham filhos. Como podiam ter descendência? Mas Deus cumpriu a sua promessa. Quando Sara tinha 90 anos e Abraão 100 anos, nasceu Isaac. O que parecia impossível, aconteceu. Porque Abraão confiou e tentou fazer sempre a vontade de Deus, Deus prometeu-lhe: “Multiplicarei a tua descendência como as estrelas do céu.” (Gen 22, 17)

   Nós somos parte dessa descendência. Também a nós Deus faz o convite: “Anda na minha presença e eu serei o teu Deus”, isto é, faz a minha vontade. Nós tentamos fazer a vontade de Deus? Confiamos nEle? No nosso dia-a-dia, Deus está sempre presente, quando estudamos, quando vemos televisão, quando brincamos com os amigos. Em tudo o que fazemos, podemos contar com Deus e Deus conta connosco para continuarmos o seu projecto de criar um mundo melhor.  Mas não adianta confiar em Deus e não estudar! Nós também temos que fazer a nossa parte! Podemos contar com Deus para nos ajudar mas não para fazer a nossa parte! 

   Para treinar a nossa confiança, esta semana vamos confiar em alguém contando-lhe um segredo ou pedindo para guardar uma coisa nossa de que gostamos muito, ou ainda, dizendo-lhe que contamos com ela para nos ajudar quando precisarmos. HPIM5569

    Porque Deus prometeu a Abraão uma descendência tão numerosa como as estrelas do céu e nós somos os herdeiros da Promessa feita a Abraão, escrevemos o nosso nome numa estrela e, em clima de oração, colamos a nossa estrela no painel. Enquanto cada um colava a sua estrela, cantamos "Confiarei". Com este gesto, dissemos a Deus que nós queremos fazer parte do povo de Deus, caminhar na sua presença e confiar nEle.

 

Abraão é chamado o pai dos crentes.

Foi o primeiro que acreditou no verdadeiro Deus

e aceitou fazer Aliança com Ele.

(esquema e anexos, apresentação de slides)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: