Está Alguém connosco? – reunião 1

A nossa catequese começou. Neste primeiro encontro, começamos por dar as boas vindas uns aos outros através da canção “Bem vindo!” (1)
    Depois fizemos um jogo: ficamos todos de pé, em círculo e um de nós tinha uma almofada. Disse: “Chamo-me ____ e sou amigo de ____” e atirou a almofada para o amigo e sentou-se. O amigo repetiu para outro amigo até todos estarem sentados.
    Nós somos um grupo de amigos que vamos fazer uma caminhada juntos. Para isso, precisamos de regras. Relembramos as regras que estabelecemos o ano passado e reflectimos sobre a importância de ter amigos, de viver em comunidade, de como precisamos dos amigos, dos pais, dos professores, dos médicos, e de tanta gente para podermos sobreviver. 
     Reflectimos também sobre uma expressão muitas vezes usada pelas pessoas: “Se eu nãoHPIM9841 gostar de mim, quem gostará?” Descobrimos que é importante gostarmos de nós próprios mas existe Alguém que gosta de nós e nunca nos abandona. Mesmo que andemos distraídos e não nos lembremos dEle, Deus ama-nos sempre com o mesmo amor. E, como nos diz S. Paulo, “nada nos pode separar do amor de Cristo”. (Rm 8, 35. 38-39) Por isso, o nosso grupo de amigos é um grupo especial. É um grupo de amigos cristãos, amados por Deus, que se prepara para fazer a Profissão de Fé. Mas que é isso de fé? E profissão? Vamos dizer que acreditamos em quê? A estas e outras perguntas queremos responder ao longo do ano. Partilhamos algumas ideias de como queremos trabalhar este ano e construímos a vela do grupo: uma vela que tem o nome de todos nós, que simboliza o nosso grupo e, quando está acesa, simboliza a presença de Jesus no meio de nós. 
     Em casa vamos pensar em sugestões de como vamos trabalhar ao longo do ano e vamos tentar, através de pequenos gestos, levar o amor que Deus tem por nós às pessoas que mais precisarem. Como cristãos, vivemos em comunidade, em Igreja. Vamos tentar viver em comunidade participando na missa e ajudando o coro a animar as celebrações.

O que fica comigo (2)

Nada nem ninguém nos pode separar do amor de Jesus.
Porque nos sentimos amados por Deus, queremos partilhar esse amor com todos e viver em comunidade sendo cada vez mais amigos uns dos outros

adaptado de “Nascer de novo?”, Paulinas, catequese 1,
(1) adaptação da canção “Bom Dia!” que o Padre Tarcízio Morais cantou na Forma(c)ção 2009,
(2) conclusão dos catequizandos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: