Que igreja somos? – reunião 15

jogo balões

     Entregaram-se balões ao grupo e todos tinham que os manter no ar, sem agarrar nem deixar cair. Quando um elemento era tocado pelos catequistas, sentava-se e não podia ajudar os colegas. Acabou por ficar só um elemento tentando manter o balão no ar e a tarefa foi muito mais difícil.
     Depois lemos a carta de S. Paulo aos Romanos (Rm 12, 4-8) que nos diz que na Igreja somos muitos, mas formamos um só corpo em Cristo. Tal como com os balões, cada um contribuiu para os manter no ar com as suas capacidades (com a mão, com a cabeça, com o braço…) e todos foram precisos. À medida que se iam sentando elementos, foi muito mais difícil manter os balões no ar. Por vezes, as críticas dos outros, a falta de tempo ou até a indiferença fazem com que deixemos de dar o nosso contributo para a Igreja mas, o que S. Paulo nos diz é que todos nós que somos baptizados fazemos parte do mesmo corpo, que é a Igreja, e todos somos importantes, cada qual com os seus dons, para continuar a missão de Jesus na terra. É este o sentido da Igreja e só é possível a sua existência por causa do sopro do Espírito de Deus que habita a Igreja.
     Como dizemos no Credo todos os Domingos, acreditamos que a Igreja é “Una, Santa, Católica e Apostólica”. É Una porque todos estamos unidos em Cristo que está sempre presente na Igreja pelo Espírito Santo. É Santa porque Deus a incorporou no seu plano de salvação, porque Jesus vive e actua nela e porque todos somos chamados à santidade. É Católica porque é universal, isto é, para todos. É Apostólica porque é chamada a continuar a missão que Jesus confiou aos apóstolos.bento 16
      Existem pessoas que assumem maior responsabilidade na vida da Igreja – os bispos, os presbíteros e os diáconos. A maior responsabilidade cabe ao Papa que vela pela unidade da Igreja e pela fidelidade à mensagem de Jesus. Mas todos nós temos na Igreja uma missão específica que nos é confiada por Deus e que devemos pôr ao serviço do outro. Nenhum serviço é superior, todos são importantes para ajudar a comunidade dos cristãos a ser unida e a continuar a missão de Jesus.

O que fica comigo

A Igreja somos todos nós – os baptizados. Cada um de nós é, assim, membro de um Corpo, com uma missão específica. Deus concede a cada membro da Igreja dons únicos que devem ser postos ao seu serviço, para fazer dela uma comunidade que vive em comunhão.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: