Quaresma 2013 – II

TEXTO DEPOIS DA SAUDAÇÃO INICIAL O MASTRO

NESTE SEGUNDO DOMINGO DA QUARESMA, A PALAVRA DE DEUS DEFINE A CAMINHO QUE O VERDADEIRO DISCÍPULO DEVE SEGUIR PARA CHEGAR Á VIDA NOVA, CENTRANDO-NOS NO MASTRO PRINCIPAL QUE É CRISTO, EXEMPLO HUMANO DA ESCUTA ATENTA DE DEUS E DOS SEUS PROJETOS, DA OBEDIÊNCIA TOTAL E RADICAL AOS SEUS PLANOS.

Já não é possível avistar terra. No entanto, alguns perigos podem perturbar a nossa viagem. Como Pedro que, contemplando a transfiguração de Jesus, não queria descer do monte, também nós podemos cair na ilusão e pensar ter já alcançado o porto seguro.

Não nos deixemos enganar, não fiquemos por ilusões e miragens. A viagem é longa e muitas são as tormentas que teremos de superar. Não tenhamos medo de avançar. Esta é uma viagem só ao alcance dos mais convictos e féis ao compromisso que assumiram.

Com a nossa vida e com o nosso testemunho, queremos que todos nos ouçam dizer “Cremos em Jesus Cristo, filho de Deus, Nosso Senhor!” o nosso porto seguro, o único fundamento da nossa viagem.

DSC03082

NO OFERTÓRIO – peixe com a palavra “Ilusão”

Por vezes, quando deparamos com a exigência da viagem que empreendemos, podemos cair no erro de reduzir as expetativas e as metas. Não atraques já a barca. A viagem ainda está no inicio, muito há a fazer e a percorrer. Não te deixes levar por ilusões ou aparências. Não permitas que o medo tome conta de ti. Prossegue com audácia e entusiasmo a tua viagem. A tua rota está bem traçada. Segue-a com firmeza e convicção e chegarás a porto seguro.

DSC03084

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: